Ecommerce & Marketplaces Newsletter – 19 de Novembro de 2021

A temporada de férias está chegando e começamos a edição desta semana com a visão da Bain & Company sobre as expectativas do mercado. Enquanto a Amazon continua dominante, os marketplaces de categorias específicas parecem estar ganhando forças também. O TechCrunch foca nas estratégias para valores e pagamentos em marketplaces. Neste artigo, são descritos ótimos insights sobre como estes valores são variáveis, dependendo do nível e estágio do negócio. A McKinsey & Company fala sobre como os marketplaces de revenda online estão transformando a moda de segunda mão em um mercado dominante. Em outras notícias vemos os planos da Macy para alcançar a Amazon, eBay e o Walmart com seu próprio marketplace digital, o lançamento esperado acontecerá no segundo semestre de 2022. A ChannelAdvisor compartilha alguns grandes insights sobre a criação de uma estratégia de preços com bons resultados para eCommerce de Markeplace; uma estratégia de precificação é um requisito inquestionável se você pretende consistentemente estar entre os melhores. Leia isso e muito mais na edição desta semana …

Notícias notáveis da última semana

Marketplaces se preparam para compartilhar a alegria do Natal na Amazon

A infinidade de produtos da Amazon continua sendo uma força a ser reconhecida nesta temporada, mas os marketplaces de categorias específicas também estão conquistando clientes. Duas semanas após o início da temporada de compras natalinas, os sinais continuam a apoiar nossa projeção de um segundo ano de crescimento excepcional nas vendas. Enquanto isso, as vendas no varejo dos EUA aumentaram 12% ano a ano no terceiro trimestre. Embora a inflação explique parcialmente esse aumento – o Índice de Preços ao Consumidor aumentou 5,3% em comparação com o terceiro trimestre de 2020 – é claro que a demanda do consumidor está se mantendo forte.

4 estratégias para definir valores e pagamentos do Marketplace

Cada marketplace ou startup de plataforma tem que decidir quanto deve cobrar por transações em sua plataforma, conhecido como “Take Rate”. É importante que os fundadores se lembrem que maximizar a take rate da plataforma não é o objetivo. Uma take rate mais alta geralmente leva a um volume de transações menor e, dependendo do estágio em que a empresa se encontra, pode ser vantajoso cobrar uma take rate mais baixa do que aquela que você pode sustentar para obter uma vantagem estratégica.

Como os marketplaces online estão fazendo da moda de segunda mão uma primeira escolha

Os marketplaces de revenda online estão transformando a moda de segunda mão em um mercado dominante. Maximilian Bittner, CEO da Vestiaire Collective, acredita que o crescente interesse pela sustentabilidade vai alimentar ainda mais a categoria. Neste episódio do podcast McKinsey on Start-ups, o editor sênior da McKinsey, Daniel Eisenberg, fala com Maximilian Bittner, presidente e CEO da Vestiaire Collective, um marketplace global líder de revenda de moda online. Segue-se uma transcrição editada da conversa.

Por que as marcas de maior sucesso conectam UX e CX

O UX e o CX com processos antigos se desfazem sob os modelos de negócios em evolução e as expectativas crescentes. À medida que mais marcas unem produtos e terceirizam a entrega de serviços em uma única experiência de usuário (Uber, Instacart e Airbnb), o UX e o CX devem se conectar em tempo real para ter sucesso. Como conectar o UX e o CX? Várias marcas já fazem isso de forma certeira, provendo aos clientes experiências simples e satisfatórias de se engajar de forma consistente.

Macy’s planeja alcançar a Amazon, Walmart, eBay com Digital Marketplace

A Macy’s planeja lançar um marketplace digital com curadoria, no que diz ser um esforço para expandir sua variedade em categorias e marcas existentes e introduzir uma gama de novas categorias. A empresa da loja de departamentos fará a curadoria de varejistas e marcas terceirizados para vender seus produtos em macys.com e blossomingdales.com, com lançamento previsto para o segundo semestre de 2022.

Como criar uma estratégia de preços para eCommerces de Marketplaces

Com milhões de vendedores e bilhões de produtos para competir apenas na Amazon, pode ser fácil ficar imerso em dados diariamente – e ainda assim ficar para trás. Isso é especialmente verdadeiro quando se trata de precificação em marketplaces, onde mais vendedores do que nunca estão competindo nas categorias de produtos. Com mais da metade dos compradores on-line comparando regularmente os vendedores para encontrar o melhor preço, não são mais as descrições e imagens dos produtos apenas que chamam a atenção. Frequentemente, o preço é o que mais importa. Se você deseja alcançar consistentemente o topo dos resultados, ter uma estratégia de preços estruturada é fundamental.

Entendendo o Marketplace de NFT

Tokens não fungíveis (NFTs), que são uma ferramenta baseada em blockchain que permite a qualquer pessoa monetizar conteúdo digital, podem parecer uma mania passageira, mas com mais de US $ 10 bilhões negociados apenas no terceiro trimestre de 2021, ficou claro que essa tecnologia emergente está crescendo em uma grande indústria. Os NFTs, ou tokens não fungíveis, tornaram-se uma grande indústria. Mas, como acontece com a maioria das tecnologias emergentes, existem muitas plataformas concorrentes e abordagens de crescimento, e nem sempre é óbvio qual é a melhor opção para um determinado negócio.

Para assinar a nossa newsletter sobre Ecommerce e Marketplaces, preencha o formulário de assinatura na nossa página oficial . Caso você tenha algum conteúdo sugerido para esta newsletter ou gostaria de discutir a transformação digital de sua organização, contate-nos no endereço info@mcfadyen.com.