Ecommerce & Marketplaces Newsletter – 26 de Novembro de 2021

Feliz dia ação de graças a todos os nossos leitores. Na edição desta semana, veremos algumas das grandes histórias do mundo do eCommerce. No evento do Singles Day na China, Alibaba e JD.com atingiram vendas de cerca de $ 139 bilhões, estabelecendo um novo recorde. Este recorde vem como consequência das restritas medidas para empresas de tecnologia que atuam em Beijing. O artigo do Internet Retailing fala sobre o aumento do abuso de reembolso, que está custando enormes perdas ao setor. O segmento de delivery de comida foi a que mais sofreu, com 57% das empresas notando um aumento nos últimos 12 meses. A Forbes tem alguns insights sobre como o eCommerce B2B evoluiu após a pandemia. Houve uma aceleração maciça em direção à digitalização, com pesquisas mostrando cerca de 50% das compras de B2B ocorrendo por meio de mídias digitais. Se você é um varejista e está se perguntando qual, entre o Walmart e o Target Plus, é mais eficiente e lucrativo para varejistas terceirizados e o melhor para sua empresa, o blog da Thrive tem tudo para você. O post de Ship Bob o ajuda a identificar as principais métricas que você precisa acompanhar em análises de eCommerce e as melhores ferramentas que o ajudarão a obter uma vantagem competitiva. Leia isso e muito mais na edição desta semana …

Notícias notáveis da última semana

Abuso de reembolso atinge novos patamares para marketplaces online

Os marketplaces online estão experimentando um aumento significativo no abuso de reembolso, custando à indústria enormes quantias em dinheiro, mostram as pesquisas. O abuso da política de reembolso ao ponto de comprometer o lucro de uma empresa gerando mais despesas do que lucro, está aumentando em toda a linha no mundo dos marketplaces online. As empresas de delivery de alimentos estão particularmente sofrendo mais com tal prática, com 57% notando um aumento nos últimos 12 meses. Das empresas de aplicativos de carona 48% sentiram o aumento e 44% das empresas de bens e serviços também perceberam essa tendência.

Marcas: Monitore essas quatro áreas para ajudar a maximizar o desempenho do varejista

Como para todas as marcas, construir um forte relacionamento com seus varejistas oferece uma grande oportunidade quando se trata de vendas e descoberta. Mas com o corte de preços, a falta de controle sobre a qualidade e as flutuações de estoque, é difícil para as marcas aproveitarem essa oportunidade e controlar os resultados. Em nosso webinar recente, que discutiu os quatro pilares do desempenho do eCommerce para parcerias de varejo e como coletar os dados de que você precisa para gerenciar esse desempenho, nós explicamos isso em mais detalhes.

“O eCommerce é principalmente Marketplaces”: Colin Lewis fala sobre como as marcas podem aproveitar a oportunidade de marketplace

“Mais de 50% do valor bruto de mercado para os seis maiores vendedores de eCommerce do mundo está nos marketplaces”, Colin Lewis, CMO da OpenJaw Technologies e autor do Guia de Melhores Práticas de Marketplaces de Terceiros da Econsultancy, disse aos participantes do Econsultancy Live esta semana. Apesar do domínio contínuo dos grandes sites de varejo.com e da tendência crescente para marcas diretas ao consumidor, “A parte que a maioria das pessoas não percebe, é que o eCommerce é, basicamente, marketplaces”, disse Lewis.

A evolução do eCommerce B2B: das vendas simples às sofisticadas

Depois de quase dois anos de crescente demanda digital graças à pandemia, o mundo dos negócios está começando a se estabelecer em padrões de operação mais regulares. No entanto, existem alguns aspectos dos negócios que nunca vão voltar ao “normal”. Uma dessas áreas é o comércio B2B. Embora a compra de B2B já estivesse seguindo os passos de B2C e entrando no mundo online, a pandemia acelerou enormemente sua digitalização. Uma pesquisa recente descobriu que quase metade (49%) de todas as compras de B2B são agora realizadas por meio de canais digitais.

Análise de eCommerce: o que rastrear e analisar para obter uma vantagem competitiva

Saber o desempenho atual de sua empresa é fundamental para todo varejista de eCommerce. Caso contrário, você não saberá se suas estratégias e processos existentes estão funcionando ou se seus investimentos financeiros estão rendendo retornos suficientes. Isso também significa que você não saberá se e quando está fazendo algo errado ou o que precisa ser consertado para melhorar seus números. É por isso que a análise de eCommerce é vital se você deseja que sua marca DTC cresça. Esta postagem ajuda a identificar as principais métricas que você precisa acompanhar na análise de eCommerce e as melhores ferramentas que o ajudarão a obter uma vantagem competitiva.

Walmart Marketplace vs. Target Plus: Onde devo vender meus produtos?

Os gigantes do varejo Walmart e Target possuem dois dos marketplaces online mais viáveis da atualidade. Se você está planejando vender no Walmart Marketplace ou Target Plus, provavelmente está se perguntando qual deles priorizar. Desde 2019, ambas as plataformas lançaram iniciativas para reduzir a participação de mercado da Amazon, uma potência do eCommerce. Seus esforços têm se mostrado eficazes. No segundo trimestre de 2020, ambos atingiram um impressionante crescimento trimestre a trimestre (QOQ) nas vendas online: o Walmart cresceu 97% e o Target, 195% (Yahoo Finance, 2020). Então, o que é mais eficiente e lucrativo para varejistas terceirizados? E o que é melhor para o seu negócio?

Alibaba, JD quebra o recorde do Singles Day com $ 139 bilhões em vendas e foco em “responsabilidade social”

Alibaba e JD.com acumularam cerca de $ 139 bilhões em vendas em suas plataformas no evento de compras do Singles Day na China, estabelecendo um novo recorde. As vendas recordes ocorrem apesar das preocupações com a força do consumidor chinês e o impacto da repressão de Pequim sobre as empresas de tecnologia. O Singles Day foi um pouco mais silencioso, já que as empresas de tecnologia chinesas continuam enfrentando o exame dos reguladores e o presidente Xi Jinping pressiona pela chamada “prosperidade comum”.

Para assinar a nossa newsletter sobre Ecommerce e Marketplaces, preencha o formulário de assinatura na nossa página oficial . Caso você tenha algum conteúdo sugerido para esta newsletter ou gostaria de discutir a transformação digital de sua organização, contate-nos no endereço info@mcfadyen.com.